Não tenha vergonha

val
Eu tinha problemas com autoestima, mas a partir do momento em que comecei a me amar, colocar minha felicidade em primeiro lugar na minha vida tudo mudou. Se ame, ame seu corpo, se valorize e não tenha vergonha de ser você!
Esse é meu recado!
Por nossa amiga e leitora Val!

Gorda e afro

gordaeafro2

O dia da consciência negra está chegando, gostaríamos de fazer uma reflexão sobre a palavra “denegrir”” é utilizada quando acreditamos que estamos sendo difamados, é uma palavra vista como pejorativa, algo ruim. Exemplo: Denegriram a minha imagem.
Contudo o real sentido é tornar negro.
Então, se denegrir é tornar negro, vamos denegrir a página Gordinhas Lindas, denegrir as passarelas de moda, denegrir toda a sociedade.
Convoco as nossa seguidoras gordas e negras para participarem da nossa campanha #gordaeafro /#gordinhaeafro enviando fotos ( inbox) para serem publicadas na página.
Se você utiliza a palavra denegrir de maneira negativa, reflita.

Ensaio Gordas Poderosas
Foto: Timeless Fotografia
Modelo: Val

A gordinha de novembro

novem

No mês da consciência negra a gordinha selecionada é modelo plus size Lívia Nunes.
novem2

Lívia, fale um pouco sobre você:

Sou de Salvador-Bahia, penso que enquanto respirar vivo a vida que quiser viver, arrisco, acerto, erro, e etc… Se ame, só não desista de ser feliz!

novem3

Linda!

novem4

A sensualidade é um dom da raça !

novem5

Uma frase: Meu amor-próprio é o suficiente.

Sonho em ser modelo plus size

Acompanho o site Gordinhas Lindas, através dele  já fiz alguns testes de modelo de prova, porém não obtive sorte, mas não vou desanimar.

Eu já venho a alguns anos tentando entrar no mundo da moda, porém fui enganada por 2 agências que tinham a intenção de vender o álbum, infelizmente existem muitas agências enganosas no mercado que brincam com o sonho das pessoas, mas, não vou desistir.

md

Quem sabe através do site,tenha oportunidade e realize meus sonhos.

Por Maria de Fátima.

Nossa como engordou

anorexia-nervosa_zpseg2mqusy

Quando tinha apenas 15 anos, eu me tornei pela 1° vez uma pessoa anorexia, mais isso não foi uma opção minha e sim das pessoas ao meu redor, eu pesava 52 kg e muitos me chamavam de gorda.

E a partir desse momento minha vida mudou, já não comia como as outras pessoas, tudo que eu tentava colocar na boca eu vomitava, porque eu achava que tudo me engordava, sofri muito em pouco tempo cheguei a pesar 35 kg para mim isso foi ótimo. Só que com isso veio as complicações, eu já não vivi mais, só vegetava, passei mal na escola e minha mãe me levou no médico, fiz vários exames e constou que eu estava com anemia tão profunda que faltava pouco para constar leucemia, eu só desmaiava, meu cabelo caia muito, quase não tinha mais, me sentia fraca de mais.

Os médicos me aconselharam a passar com psicólogo e nutricionista, mais para minha família que é do interior e não entende muito do assunto isso era frescura minha. Tive que vir embora morar com meu Pai aqui em São Paulo, para que ele pudesse cuidar de mim. Bom minha Vozinha, tias, tio e pai, cuidaram muito bem de mim, conversavam comigo e vaziam eu comer nem se fosse um pouco. Passar de um tempo melhorei.

Com 20 anos comecei a engordar novamente de mais, hoje com 22 anos muitos me chamam de GORDA, a maioria das pessoas que me veem não pergunta como estou, e sim já enchem a boca para dizer NOSSA, COMO VOCÊ ESTÁ GORDA! NOSSA COMO ENGORDOU. Estou cansada de ouvir isso. Estão acabando comigo, meus psicológico está totalmente abalado, Mas não quero passar pelo que passei, Vou calar a boca de muita gente, com cada KG que eu perder.

OBS: As pessoas julgam a aparência, mas esquecem de que o mal da sociedade são as pessoas sem caráter.