A moda das mulheres poderosas!

Bom, venho por meio deste, falar para vocês, sobre uma pessoa complexada que agora se tornou uma mulher segura de si e que se sente uma linda mulher. Meu nome é Eduarda Luiza, tenho 19 anos, estou cursando o 4° período do curso de Direito, moro em Belo Horizonte-MG “Uai” ( rsrs).

Sou gordinha, e ao contrário de muitas que se encontram na mesma situação que a minha, me sinto linda e gosto sempre de estar na moda. Não posso mentir dizendo que nunca fui preconceituosa comigo mesma, sim, fui e muito, ao ponto de me tornar egoísta em pensar que todos que conversavam e riam ao meu redor, riam de mim, falavam sobre mim, ao ponto de não querer sair de casa, de me policiar das coisas da vida.

Meus amigos e meus pais foram o remédio desta depressão inútil, meus pais me falavam:

- Filha você é linda, você está linda! Mas eu na minha incrível ignorância, deixava me levar por aquela onda de que os pais sempre elogiam os filhos por mais feios que sejam, minhas amigas ( Vanessa e Viviane ) sempre me animavam em sair, me elogiavam antes de sair de casa, mas quando saiamos nas ruas e chegávamos nas festas, eram elas o ponto de atenção, me sentia um patinho feio diante das minhas amigas que eram e são lindas de morrer, amigas, amo vocês!! Desculpa, não pude me conter, elas me ajudaram muito.

Mas foi quando eu entrei na faculdade, um dos meus sonhos, que percebi que eu era tão linda quanto às demais. Arrumei amigos, pessoas inteligentes, um mundo totalmente diferente daquela minha infância no colegiado, onde as crianças riam de mim. Na faculdade meus amigos me elogiavam muito, para se ter uma idéia da diferencia, no colegiado meu apelido era “Dudão“, na faculdade meu apelido é “Dudinha e/ou Gatona”.

 Comecei a me vestir adequadamente, me maquiar melhor, a perceber que eu também poderia estar na moda, a partir desta minha segurança própria, os olhares dos homens começaram a mudar sobre a minha pessoa, não somente dos homens, mas também de todas aqueles que tinham a percepção da garotinha obesa complexada, mudaram a opinião para a mulher elegante, linda e segura de si.

Sonho em um dia poder me tornar também uma gordinha da moda (Plus Size), em poder passar para as colegas na mesma situação que a minha, que elas são lindas e podem ser elegantes, basta vocês mesmas buscar esta mulher poderosa de dentro de vocês.

 

Ah, me esqueci de uma coisa, arrumei um namorado lindo que me ama, me elogia há todos os instantes e diz que sou o seu ponto seguro.

Obrigado mulheres do site “Gordinhas Lindas” vocês também me ajudaram e muito, me mostrando o mundo da moda Plus Size, moda das mulheres poderosas !!!

Por nossa amiga e leitora Eduarda Luiza.

ONDE ESTÁ O ROMANTISMO?

Será que as mulheres não gostam mais de receber flores, bombons ou presentes inesperados? Não exatamente naquelas datas, que todos consideramos obrigatórias como Dia dos Namorados, Aniversários de Namoro, Noivado ou Casamento.

Duvido que essa demonstração de amor simples, esteja tão em baixa ou esquecida por todos. Pode ser que no auge dos meus 42 anos o saudosismo fale mais alto, talvez a senilidade já tenha me alcançado ou quem sabe, seja louco.

Uma certeza eu tenho, todos meus atos românticos foram tão bem recebidos que tenho muito bem guardados em minha memória, a felicidade, a expressão de surpresa, o brilho nos olhos, o sorriso largo e franco de minhas paixões e amores. Um buquê, uma caixa de bombons, um CD que você mesmo tenha gravado, um cartão, gestos tão simples, mas que ficam guardados na memória e no coração pra sempre.

Pergunto aos homens de hoje que se dizem MACHOS (“sic”), onde é que isto vai parar? Continuarão a agir como um bando de primatas, homens das cavernas ou acéfalos?

Bem, minha singela opnião é a seguinte: continuem sempre assim, porque enquanto agem como imbecis, os Ricardões da vida fazem suas mulheres felizes. Eles sim é que são espertos. 

Continuem indo ao futebol nos sábados pela manhã e chegando bêbados ao final da tarde, curtam aquele tão esperado happy hour na 6ª feira com os amigos do trabalho e deixe sua esposa sozinha em casa.

Faça a diferença, faça diferente, leve-a para jantar fora, um final de semana num chalé, uma viagem simples, vá a praia, ao parque, mas saia de casa. Surpreenda sempre.

São apenas minhas opniões, cada um pense o que quiser.

 Um grande abraço aos Machos e aos Tolos.

Para as Gordinhas Lindas, vida longa e muito amor.

Por nosso leitor e admirador Fábio.

Beleza não tem tamanho e nem idade

Iremos iniciar uma série matérias com mulheres que provam que beleza não tem tamanho e nem idade.

Meu nome é Aparecida Alves, tenho 55 anos, moro em Brasília. Fui convidade pela loja onde compro lingeries, para fazer um book sensual.

Como estava com a auto-estima baixa, por causa da minha aposentadoria, resolvi aceitar o convite.

Achei que as fotos ficaram boas e então, como já tinha visto as modelo plus size na TV e na net, resolvi entrar no site e mandar as fotos.

Voltei a ser feliz

Olá!!!

Meu nome é Lúcia, tenho 19 anos,  moro na cidade de Mogi Mirim interior de São Paulo. Estou me escrevendo pelo seguinte fato de ser uma linda gordinha.

Algum tempo atrás eu era viciada em remédios para emagrecer, me achava inferior as outras garotas da minha idade, e sempre queria estar no padrão da moda feminina. Porém aconteceu coisas que me levaram a mudar de opinião antes que fosse tarde demais. Com a dependência dos remédios, me tornei uma garota paranóica e fiquei um bom tempo sem conversar com ninguém por pura depressão, me achando feia, todo dia pra mim era dia de choro.

Certo dia decidi procurar algo na internet que me levantasse e me desse vontade de seguir em frente, até que finalmente encontrei o site Gordinhas Lindas. Onde me proporcionou desde o primeiro instante uma cura na minha alma, me restaurou. Comecei a me amar mais, a me cuidar mais, a ser mais eu em tudo que for fazer. Ganhei de volta meus amigos que tinham se afastado de mim, hoje sou uma gordinha cobiçada e acima de tudo realizada, e devo tudo isto ao pessoal do site que me ajudou a sair do abismo, onde eu estava me afundando cada vez mais. Hoje consigo me olhar no espelho e dizer: Vai fofa, vai que a noite é tua!

Por nossa amiga e leitora Lúcia.

Não tem pra ninguém!

Muito legal este site!!!

É impossível uma pessoa gordinha mesmo que só 10 quilos acima do peso se espelhar em uma modelo magra pra se inspirar, é complicado olhar uma cinturinha 65 quando a sua é 90. Fora isso o terror das gordurinhas nas costas que acaba com qualquer roupa.

Isso era antes, porque hoje ser gordinha e elegante tem uma força incrível! E a mídia (internet)  divulgando nossas mulheres maiores, a visão hoje até mesmo a minha que era doentia está se curando, e posso dizer que uma roupa que você se sinta bem, uma bela maquiagem, um sorriso no rosto, não tem pra ninguém!

Cuidar da saúde e ser feliz, é isso que uma mulher gorda ou magra, baixinha ou alta, precisa fazer!

Beijos.

Por nossa amiga e leitora Daniela Martins.

GG Fashion day no jornal Massa

A 2° edição do GG Fashion Day, foi notícia no jornal Massa, na data 09/08/11. O Massa é um dos jornais mais lidos em Salvador. Recebemos muitas mensagens, mostrando que muitas leitoras se identificaram com o nosso evento.

Nota: Mudança da data do GG Fashion Day, para 22/10/11, devido a agenda da cantora Nara Costa.

Dia de Modelo no Rio de Janeiro

Dia de Modelo no Rio de Janeiro com a presença da Top Mayara Russi

Há dois anos, o Blog Mulherão criou o Dia de Modelo Plus Size, um evento de confraternização de mulheres acima do peso em que cada participante produz seu book fotográfico para guardar de lembrança, presentear o namorado ou para usar como pontapé inicial na carreira de modelo plus size.

No dia 27 de agosto, sábado, pela quarta vez, a equipe do Blog Mulherão estará no Rio de Janeiro. Desta vez, a top model plus size Mayara Russi será a convidada de honra, dando dicas de fotogenia, postura e conselhos sobre a carreira de modelo plus size. Par quem não sabe, Mayara Russi é, atualmente, a modelo plus size mais bem remunerada em atuação no País.

O CD-Book custa R$500 e pode ser parcelado em cheque ou no cartão de crédito. À vista sair por R$450.

Este valor inclui maquiagem, cabelo, empréstimo de roupas, almoço, produção de moda e um CD-Book com mais de 40 fotos em estúdio com fundo branco infinito.

Para receber mais informações escreva para blogmulherao@hotmail.com ou ligue para (11) 8574-3558

Diga não a baixa auto-estima

Vamos dar um Basta nos padrões, estereótipos, condutas e pensamentos dos outros. Diga não a baixa auto-estima e falta de amor próprio.

Oi gente, me chamo Poliane, tenho 23 anos e sou de BH-MG, estou aqui pra contar um pouco da minha história.

Ouvi minha vida inteira, principalmente na época do colégio, apelidos que me ofendiam que todas vocês conhecem e eu não preciso dizê-los aqui. Os garotos do colégio sempre me deixavam de lado, normal neh? Não queriam “namorar” uma gorduchinha, eu tinha um rosto lindo e curvas que as magrinhas da minha idade não tinham, mais por causa da gozação dos outros meninos eles sempre diziam: “Se você emagrecesse ficaria contigo”.

Sempre gostei de estudar, tinha notas excelentes, sabia que alguns garotos se aproximavam por causa disso, por conta de trabalhinhos em grupos e pontinhos pra eles. Aff, sempre fiquei triste com isso, mas pra não perder as “falsas amizades”, me calava, mesmo não achando certo a atitudes das pessoas. Pra alguns membros da minha família ser gordinha era sinônimo de ficar para titia, mais um motivo pra eu ficar triste. Hoje entendo que não é o meu corpo nem as pessoas que me cercam que dirá se vou ser feliz ou não, mas sim a forma com que vejo a vida.

Hoje me aceito, sei que ninguém pode influenciar no meu jeito de ser e de pensar. De um tempo pra cá com a ajuda desse site e de uma comunidade no Orkut relacionada a gordinhas BBW, acabei aceitando minha condição de “gordelícia ” (risos), engraçado né gente, uma coisa que eu poderia ter percebido antes e que fazer minha vida muito mais feliz.

Agora não me importa o que os outros dizem, eu tento não dar ibope pra tristeza, ainda estou em fase de aprendizagem com relação ao meu amor próprio e minha aceitação. Não estou dizendo que devemos passar uma borracha no que aconteceu no passado e esquecermos os preconceitos que sofremos desde infância, porque isso nos faz crescer como pessoa.

Sabe gente, pra titia eu não fico não porque Deus me deu uma linda princesinha, confesso que ainda não encontrei o grande amor da minha vida, porque Deus ainda não quis assim, porém, tenho certeza que encontrarei um homem sem preconceitos que goste das minhas curvas, um homem que me faça sentir única, amada, valorizada, independentemente da questão física.

Sei que um dia isso vai acontecer porque a partir da hora que a pessoa passa a se aceitar, esquece as coisas tristes e comentários depreciativos que ouviu. Bom, são 23 anos de vida e ainda estou na caminhada em relação a me descobrir, acredito que isso tem que ser contínuo e diário, mas que no final tenho certeza tudo vai dar certo.

Gente por favor, vamos esquecer essa história de que é preciso ser magra para ser bonita. Eu sei que existem dietas, regimes, cirurgias, tratamentos estéticos, enfim, milhares de formas que ajudam qualquer mulher a perder peso, mas, acredito que pra ser feliz não seja preciso seguir os estereótipos que a sociedade impõe.

Vamos nos lembrar que nós mulheres brasileiras temos carne, peito, bunda. Vamos encarar nossas curvas sem culpas, apenas cuidando bem da nossa saúde e da nossa auto-estima, pois isso sim é importante. Olha longe de mim condenar ou questionar quem quer de qualquer jeito emagrecer, mas será que é isso que vai fazer de você que esta lendo esse meu comentário uma mulher feliz, mais amada, mais realizada pessoal e profissionalmente?

No mais é isso, fica a dica o melhor é encarar a realidade, se descobrir e aprender a ser feliz com o corpo que tem…

Desde já agradeço a oportunidade de dividir o que penso com vocês. Beijos e muito obrigado pela atenção.

Por nossa amiga e leitora Poliane.

Lunender no GG Fashion Day

Na primeira edição, a Lunender,  enviou looks joviais e super transados, a serem usados durante as sessões de fotos, do GG Fashion Day. Logo abaixo iremos colocar algumas fotos.  As inscrições da segunda edição estão abertas, para se inscrever entre em contato por este email: gordinhaslindas@hotmail.com

Foto: Cantora Nara Costa.

Foto: Cantora Nara Costa.

Foto: Luciana.

Foto: Viviane.

Foto: Julie.

Foto: Irlanda.

Gostou dos looks? Acesse a loja da Lunender e conheça a coleção plus size, clique aqui.

Posso ser feliz!

Meu nome é Erikarlla, moro no interior de Pernambuco (Venturosa) tenho 23anos.

Sempre fui gordinha desde pequena, já fiz vários regimes e até cirurgia plástica nos seios. Já fiz todos os regimes que você possa imaginar, emagrecia e depois voltava, porém hoje mudou, pois gosto de mim como sou. Não importa o que as outras pessoas falem, o importante é que estou bem comigo mesma e pronto…

Demorei para aceitar isso, hoje vejo que posso ser feliz assim como sou, não me privo de nada pelo contrário me divirto bastante!

Por nossa amiga e leitora Erikarlla.