Verdades Sobre A Ditadura Da Magreza

  A maldita ditadura da magreza …
  Não transforma nenhuma mulher em princesa !
  Ela nunca foi sinônimo de beleza …
  Ela é só uma moda que tomou a força toda a realeza !  Quem ganha com isto não são os seres humanos ,
  Que se sacrificam e fazem mil planos …
  Para ficarem magros e se acharem bonitos ,
  Quem ganha é a indústria estética com seus cachês infinitos !

  Remédios para emagrecer sem inspeção do Ministério da Saúde …
  Prometem um emagrecimento espetacular em toda a magnitude …
  E esta pobre e ingênua gente se ilude !

  O que estes remédios realmente causam é uma grande desinteria …
  Emagrecer tomando remédios é a mais pura fantasia !
  Os estilistas preferem as modelos magricelas …
  Pois , assim as roupas parecem mais belas

  Do que as modelos que são cabides sem graça …
  Assim , os estilistas iludem a praça !
  Eles querem destacar a roupa e não as manequins ,
  Que são apenas cabines sem outros fins !

  Mulher bonita tem que ter carne , simpatia ,
  Saúde , alegria e muita poesia !

  A magreza é uma cruel ditadura …
  Sem doçura e sem ternura ,
  Que causa amargura ,
  Na adolescente mais pura !

  Existem mulheres fofinhas e cheias ,
  Que são mais belas do que as sereias !
  Viva Cláudia Gimenez , viva Bárbara Paz …
  A ditadura da magreza atrasou a beleza demais !

  Viva Mônica Lewinscki , Viva Priscila Fantini …
  Elas ficam atraentes até dentro de um biquini !
  Não podemos deixar que a ditadura da magreza …
  Acabe com a verdadeira beleza .

  Escrito pela colunista, Luciana do Rocio Mallon.

A minha história

 

  Meu nome é Daniela, tenho 25 anos e estou rumo a gastroplastia, meu IMC e de 47 portanto estou bem acima do meu peso, mais não pense que foi fácil chegar nessa decisão não, após de muita luta, depois de muita batalha contra a balança que eu me vi chegar ao ponto de operar. Sei que vou ser muito julgada por isso e ainda vou ouvir muito: ” é fácil com a cirurgia, por que não fechou a boca?” mas estou disposta e enfrentar isso.

  Na verdade, a cirurgia deve ser a última opção pois existem riscos e isso deve ser analisado e levado em consideração.Só eu sei o que eu já passei e como foi difícil chegar nessa decisão .Já vi casos de pessoas que estão pouco acima do peso, engordarem absurdos para entrarem no IMC acima de 40 para se submeterem a cirurgia,será que não é mais fácil perder?!

  A minha história vem desde a infância e se arrasta até a vida de adulta, nem sei como é ser magra, apesar de ter sido mais magra do que agora.Desde nova comecei a tomar remédios , dieta do abacaxi, vigilantes do peso, cheguei a perder 40 kilos com anfetaminas mas com o passar de 3 anos voltei tudo de novo, apesar de continuar tentando, vi que minhas forças estavam acabando, os remédios não fazem mais efeito.

  Quando engravidei, já estando bem acima, fiquei a gravidez inteira vigiando a pressão e cheguei a tomar remédios para controlá-la, não ganhei muito peso pois fazia muita atividade física, mas depois fui começando a engordar aos poucos. Até que chegou o dia que eu disse pra mim mesma :” cansei!” cansei de ser apenas um rostinho bonito, quero ser mais do que isso, quero cuidar da minha saúde!… Não tem como negar que a sociedade rejeita sim uma pessoa por estar fora dos “padrões de beleza”, e pra falar a verdade não estou disposta a enfrentar tudo isso, e admiro quem sabe levar a vida numa boa apesar de tudo.

  Então resolvi pesquisar tudo sobre a cirurgia, analisei tudo, li depoimentos e vi que vale muito apena, apesar da cirurgia não deixar de apresentar riscos, mas no entanto , viver obesa é muito mais arriscado, são várias as doenças associadas a obesidade, problemas no coração,pressão alta, diabetes, apnéia do sono, câncer, problema respiratórios,azia , doenças de refluxo, pedras na vesícula, depressão entre outras, pesquisas mostram que 95% das doenças relacionadas desaparecem depois de um ano de operação.

  Dentre os problemas relacionados acima, tenho pedras na vesícula, dores nas juntas e dificuldade com a respiração, mais ainda sou nova e com o tempo as coisas tendem a piorar, é muito difícil ver um obeso idoso, eu particularmente nunca vi, quero viver até os 100 anos inteira e saudável.

  Já fiz todos os exames que são muitos e se Deus quiser em janeiro sai minha cirurgia e não tenho dúvidas que será um sucesso.

  E o que tenho a dizer pra todas as pessoas que passam pela mesma situação e que não estão felizes ,que a saúde não é mais a mesma, que tenha perdido a esperança eu digo que há sim uma luz no fim do túnel e ela se chama GASTROPLASTIA, a jornada não é nada fácil, não é mágica mais com certeza vale muito a pena. De todos os depoimentos que já li, não vi uma pessoa sequer dizendo que tenha se arrependido, pelo contrário, fariam de novo.

   Escrito por Daniela Santos Carvalho.

Ativismo (consciência) Corporal

  Lí essa reportagem no maravilhoso Curvy Life sobre um movimento chamado Ativismo Corporal (essa tradução é minha, não sei se haveria uma tradução melhor – Body Activism – quem tiver alguma sugestão é só deixar aqui, mas por enquanto vou me referir a ele como Ativismo Corporal). A seguir, vou traduzir um pedacinho do artigo para que vocês possam entender mais sobre o que se trata:  Desde 2001 mais de mil estudantes universitárias e do ensino médio participaram do “Projeto Corpo” que trabalha fazendo as garotas entenderem como elas tem acreditado na idéia de que você precisa ser magra para ser feliz ou bem sucedida. Depois de criticar o tão chamado “Ideal Magro” escrevendo artigos ou encenando com os colegas os participantes são convidados a criar e executar atos pacíficos. Estes atos incluem bilhetinhos dizendo “ame seu corpo do jeito que ele é” dentro de livros de dietas nas lojas como a Borders [e no espelho de banheiros públicos] e escrevendo cartas à Mattel, fabricante da proporcionalmente impossível Barbie.

  Texto traduzido por Ana Menezes, formada em letras.

A gordinha de novembro

  A gordinha de novembro é uma linda morena paranaense chamada Denise Lima. Ela tem 21 anos e é estudante de jornalismo. Ela é capa da comunidade no orkut, gordinhas peitudas  e escreveu para o nosso site o artigo “Não existe um padrão de beleza”.

 

  Denise, fale um pouco sobre você.

  Moro há 5 meses em uma cidade com 10 mil habitantes chamada Vera cruz do Oeste – PR. Antes eu morava em minha cidade natal chamada de Cascavel – PR, onde até hoje estudo. Estou me formando em jornalismo. Optei por esse curso por ter uma imensa paixão por escrever… Muitas vezes eu pegava a caneta e o papel e começava a anotar palavras, pensamentos que me vinham à cabeça e que eu transformava em textos, poesias, poemas, etc. Sempre fui muito sonhadora e por isso fazia de meus devaneios minhas verdades.      Hoje, depois de muitas práticas do molde do lead, da objetividade, da imparcialidade…, acabei perdendo no meio do caminho a minha alma romântica. Ou melhor, a deixei escondidinha porque não se perde aquilo que se tem como essência.

  Sou apaixonada pela vida, a minha e a de todos. Adoro admirar o ser humano, suas virtualidades e suas fraquezas. Apego-me muito fácil… e, sinceramente, me considero muito compreensiva, sempre me coloco no lugar das pessoas e procuro pensar o que eu sentiria se fosse comigo. Mas, não sou a Madre Tereza, tenho minhas armas de defesa e de ataque, e sei que muitas vezes o silêncio é a melhor resposta.

  Adoro música (deixo muitas vezes que elas falem por mim…). Acho incrível o poder que a música tem em traduzir sentimentos: minha vida tem uma trilha sonora bem extensa. Gosto de cantar, principalmente quando estou triste ou com dor, parece que tudo melhora…

  Então, muito prazer, sou a Denise!

 

 

 

  Luz, câmera e ação.

 

  Linda , bonita e desejada.

  Na medida do meu desejo.

 

  Frase: “É melhor queimar, do que se apagar aos poucos..” Kurt Cobain

  Contato: dejulima@gmail.com

Sucesso !!!

  No final de cada mês, temos a felicidade de divulgar o crescimento e as novidades do nosso espaço virtual. Mais uma vez, batemos todos os récordes de acessos e, sobretudo, inscrições para a capa do próximo mês. E apartir de novembro teremos colunistas que escreverão regularmente trazendo artigos polêmicos, entrevistas, notícias do mundo gg e muito mais.

  E claro que todos estão ansiosos para saber quem será a gordinha de novembro.