Categoria: Notícias

Contra ‘gordofobia’, misses protestam de lingerie em frente ao Congresso

Modelos disseram terem sido vítimas de preconceito em hotel da capital.

Objetivo das modelos é mostrar que elas não têm vergonha de quem são.Quatro misses plus size, vestidas apenas de peças íntimas, fizeram uma manifestação contra a “gordofobia” em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, nesta terça-feira (11). O ato aconteceu depois que duas delas ouviram do recepcionista de um hotel da capital que não caberiam juntas em uma cama de casal.

As duas modelos são do estado de São Paulo e vieram a Brasília para participar de um ensaio fotográfico contra a discrimininação a obesas, previsto para esta terça. Depois do que ocorreu no hotel, elas se juntaram a outra dupla que também participaria da sessão de fotos e resolveram fazer o ato. Segundo as misses, o intuito do ensaio é provar que elas não têm vergonha do corpo.

“As meninas chegaram para a gente fazer um trabalho em Brasília contra o preconceito e, já no dia que chegaram, sofreram preconceito no hotel”, diz a miss plus size DF, Janaína Graciele, de 34 anos. “Na hora do check-in, o pessoal do hotel já falou que, se eram as duas na cama de casal, era melhor olhar a cama, porque [ele] achava que não ia caber as duas.”

Não falamos nada, ficamos sem graça. Mas tudo bem, fomos lá e olhamos a cama, que cabem até três [pessoas]. Mas foi um preconceito”, disse Janaína. “Não entendo como que é. Faz um hotel que acha que nunca vai ter uma hóspede gordinha?”

Maquiadas, de salto alto e cobertas apenas com robes, as misses DF, São José do Rio Preto, Baixada Santista e São Paulo chegaram ao gramado do Congresso Nacional por volta de 14h. Acompanhadas de três fotógrafos e uma maquiadora, as modelos chamaram a atenção de funcionários, vigias e turistas, que tiraram fotos e gritaram palavras de apoio. Muitos motoristas buzinavam enquanto elas faziam poses para as lentes.

“A gente quer mostrar para as meninas que não temos que ter vergonha do que nós somos, do corpo que nós temos. Nós somos lindas, maravilhosas, e cada uma tem sua beleza”, disse a miss São Paulo, Camila Bueno, de 19 anos. “Viemos aqui hoje protestar contra isso, contra todo o preconceito, e mostrar quem a gente é de verdade, e que não é porque é gorda que não pode ser maravilhosa.”

Depois do incidente no hotel, as misses dizem terem sido vítimas de preconceito em um bar. “Domingo à noite saímos para um barzinho e, na hora que entraram as quatro misses, um pessoal de uma mesa lá disse: ‘Olha lá, já entraram as gordas. As meninas se chocaram”, diz Janaína.

“A gente tem a autoestima elevada, a gente compreende bem. Mas e quem não tem? E quem tem autoestima superbaixa? Se entrasse no barzinho, já saía, perdia a noite, a vida, de não querer se aceitar”, disse. “Recebemos muitos comentários [sobre o incidente] dizendo: ‘ai, isso acontece todo dia comigo, nem saio mais de casa, nem vou no shopping’. Então a gente vê que abala muito, que afeta. Sei que a gente vai receber muitas críticas, mas taí para gente pagar para ver.”

Apesar de três das modelos serem de São Paulo, as quatro participantes do protesto fazem parte do BSB Plus Size, grupo que realiza ações voltadas para as mulheres com sobrepeso na capital federal. Entre os projetos organizados em dois anos de existência, está um calendário com fotos das “gordinhas” em frente a monumentos de Brasília, uma revista voltada para o segmento, uma campanha de prevenção ao câncer de mama e um ato pela criação de um hospital para obesos no DF.

Fonte: G1.

Mulher emagrece 68 kg e perde noivo obcecado por gordinhas

Uma americana conseguiu perder 68 quilos após mudar seus hábitos alimentares e começar a se exercitar, mas acabou terminando o relacionamento com seu noivo, que é obcecado por gordinhas.
Eve Parker, que mora no Colorado, nos EUA, afirma que o companheiro gostava dela do jeito que ela era antes. “Eu namorava um cara que tinha obsessão por mulheres obesas. Eu era bem grande e era isso que ele amava em mim”, contou ao Huffington Post.
Decidida a mudar seus hábitos, Eve tornou-se triatleta, e hoje orienta outras mulheres a adotar uma vida mais saudável.
Agora a americana passará por uma cirurgia para remover o excesso de pele, e com isso perderá de 7 a 9 quilos.

Foto: Tribuna Hoje.

GRANDE PASSEIO para PORTO DE SAUÍPE – BA

Olá, a Evanaide, membro do grupo do Gordinhas Lindas da Bahia, está organizando um passeio para Porto de Sauípe.

“UM LUGAR LINDO, CALMO E ACONCHEGANTE”.

DATA: 23/11/2014

• SAÍDA AS 07h00min DA FRENTE DA GRANDE BAHIA NA PARALELA

• CHEGADA: 17h30min DA FRENTE DA GRANDE BAHIA NA PARALELA

“R$ 40,00”

NO DINHEIRO

R$ 50,00

NO CARTÃO DE CREDITO PARCELAMOS EM 2 X

RESPONSÁVEL EVANAIDE

TEL: 71 3450-4543 E 88221265 OI

COM SORTEIOS DE BRINDES

VOCÊ NÃO PODE FICAR FORA…

Assuma suas curvas

No último domingo (14), em Salvador- Ba, o grupo de cinco ‪#‎gordivas‬ participou da gravação de um videoclipe a favor da causa GG.

O encontro foi uma parceria entre a loja especializada em moda ‪#‎plussize‬ Lilás Modas, o salão de beleza Shalom e as representantes dos grupos Gordinhas Lindas da Bahia, Gordinha Sim, Gostosa Também e Gordelicias do meu Brasil foi cheia em sorrisos, satisfação e muita curiosidade para conferir o resultado dessa produção.

Curta nossa página e acompanhe as novidades ao longo do mês de setembro, em outubro tem novidade na campanha ‪#‎AssumaSuasCurvas‬. www.facebook.com/LilasModasSalvador

Gordinhas lançam campanha “fatkini” e driblam padrões de beleza

Com os dias quentes de verão no Hemisfério Norte, muitas mulheres decidiram participar de uma nova moda que promete se tornar “febre” na internet. Batizada de “Fatkini”, a ideia é que as mulheres acima do peso deixem a vergonha de lado e posem de biquini para mostrar suas curvas.

Mulheres de vários países estão dando um banho de autoestima nas redes sociais e se mostram orgulhosas do seu corpo, que fogem aos ‘padrões de beleza’. A ideia é valorizar o corpo feminino das modelos plus size.

Além de ajudar a melhorar a auto estima das ‘modelos’, a ideia é incentivar a criação de roupas em tamanhos maiores.

Fonte: Correio da Bahia.