Categoria: Com a palavra o(a) leitor(a)

Fiz a cirurgia bariátrica e estou feliz!

Meu nome é Rozilane Mendonça, tenho 35 anos, residente de Fortaleza – Ceará, e estou aqui para mostrar o tamanho do resultado de uma cirurgia bariátrica. Tenho 5 meses que fiz a cirurgia, e hoje, com 39 quilos a menos, a minha vida tem mudado muito em todos os aspectos. Hoje sou uma mulher realizada, por ter vida própria e ter o direito de fazer tudo de bom que a vida vem oferecendo.

Com auto-estima elevada e motivação, venho vivendo intensamente cada momento, coisa que por contas de alguns quilos indesejados não fazia. Aconselho a todas as gordinhas que não se sente satisfeitas com o seu corpo, a procurar um bom profissional na área e tomar a decisão em fazer, pois os resultados são excelentes. Não há complicações quando tudo é feito conforme as orientações médicas, não há resultados negativos se tudo for seguido conforme indica o cirurgião.

Sempre fui muito feliz, mas, hoje com o resultado de 39 kg a menos, essa felicidade tem triplicado. Me sinto mais linda, mais desejada, mais pré disposta e mais …. rsrsrrs Coisas que só nós mulheres entendemos! Vou ficando por aqui, deixando essa dica para vocês, com muita segurança em tudo o que exponho nesse texto. Felicidades e sucesso á todas essas gordinhas lindas desse site.

Amigas e amigos, caso queiram saber mais sobre meus resultados, acompanhar essa evolução, contacta-me que ajudarei no que for preciso e no que for ao meu alcance.

whatsapp: 85 9114 3333

facebook : rozilane.1978@hotmail.com

skype: rozilanece

Por nossa amiga e leitora Rozilane.

Sou responsável pela minha felicidade!

Oi Gordinhas Lindas! Eu queria compartilhar com vocês uma nova fase da minha vida. Estou em processo de emagrecimento devido a problemas de saúde. Depois de uma ano tão difícil, muito conturbado, decidi tomar as rédeas da minha vida e fazer coisas diferentes.

Então comecei pelo cabelo. Parece ser simples, mas para mim mudar a minha aparência ficando loira foi difícil, mas o resultado foi bom. Foi tão bom que eu recebi o meu primeiro grande elogio . Foi d+, sempre me achei feia por ser gorda, as pessoas sempre me fizeram achar que eu era feia.

Passei muito tempo sem olhar no espelho e agora eu estou me descobrindo com a ajuda de vocês.  Tenho 36 anos, sou enfermeira, sou casada, não consegui engravidar, ainda, e sou de João Pessoa -PB. Decidi que este ano eu faria coisas diferentes e estou fazendo. Comecei a dançar, pois amo fazer isso. Eu me sentia muito velha para isso e muito gorda também, mas, depois que vi a entrevista da mulher x- tudão, aqui, na página de vocês, decidi que eu sou responsável pelo meu bem-estar, seja dançando trabalhando, ou apenas sendo eu mesma. Obrigada pelas dicas. Um grande abraço.

Por nossa amiga e leitora Ana Patrícia.

Meu desabafo

Olá Gordinhas Lindas.

Resolvi escrever um pouco para desabafar, mas ainda não estou preparada para me identificar… Peço desculpa por isso. (o e-mail é da minha amiga)

Na minha infância e até inicio da adolescência sempre tive problemas com baixo peso, sempre tomava medicamentos pra engordar, vitaminas, e comia bastante, tinha um metabolismo muito acelerado. Eu sofri muito por ser magra de mais, ganhei muitos apelidos “carinhosos”, mas logo aos 14 anos cheguei ao peso considerado “ideal”, e outra vez fui motivo de piada, me fizeram acreditar que eu era gorda, feia, e eu apenas chorava… Eu tentava não ligar, até que chegou uma hora que parou.

Comecei a namorar e de lapada engordei 20 quilos, fui dos 55 aos 75… Isso foi o susto pra mim, meus “amigos” começaram a falar que eu era linda, mas tinha que emagrecer que eu estava feia, que meu namorado ia me abandonar. Essa foi a maior decepção pra mim, não por causa das chacotas, mas porque eu quase sempre era o motivo das piadas, ser loira e “gorda” era mais do que motivo para fazer piadas maldosas.

Bem 75